13 de julho de 2012

That's all, folks!

Meses depois...

Cá estou eu! O post de hoje é um "ATÉ BREVE" combinado com um "MUITO OBRIGADA!"

Até breve porque, dado que o blog era para relatar minhas experiências no intercâmbio, não faz muito sentido eu continuar escrevendo (ao meu ver), dado que estou de volta há quase 5 meses (nossa, o tempo voaaa!!!), e a vida voltou a sua mais pura normalidade (isso é bom ou ruim? rs).

E o muito obrigada, é claro, é pela companhia de vocês, sempre acessando meu cantinho e lendo meus posts!

Escrever é algo que eu gosto MUITO de fazer, mas a correria do dia-a-dia acaba não me deixando o tempo que eu gostaria para dar mais atenção ao blog e, portanto, ficarei ausente por uns tempos... pode ser que, em algum momento, eu resolva voltar, quem sabe?!

De qualquer forma... FOI MUITO BOM ENQUANTO DUROU!!!



Beijos a todos e até!!!!!!!!!!

29 de abril de 2012

Coisas que Você Aprende num Intercâmbio

Oi!

Finalmente, estou de volta! Desculpem a demora, a vida anda corrida...

Hoje vou escrever sobre algumas coisas que eu aprendi ao longo da viagem. Claro, essas são minhas reflexões, baseadas na minha experiência. Cada caso é um caso, e cada pessoa traz uma visão própria... mas acredito que, pelo menos em algum aspecto, minha opinião possa convergir com a de mais intercambistas.

Então vamos lá... algumas coisas que aprendi foram:

* A respeitar as diferenças. Principalmente porque vivi em Toronto, cidade multicultural. Logo, estava em contato diário com pessoas do mundo inteiro. Excelente aprendizado, um mix cultural muito grande.

* Nosso corpo se adapta mais rápido do que eu imaginava a mudanças de temperatura. Claro que com as devidas proteções, mas nunca em minha vida eu imaginei que consideraria 3ºC uma temperatura "fresquinha".

* (Essa eu já sabia, mas confirmei lá) Tempo é relativo. Um mês de intercâmbio, provavelmente, equivalem há váááários meses na sua vida "normal". É muita informação, muita intensidade.

* Você pode conhecer uma pessoa há 1 mês e sentir como se se conhecessem há anos. Principalmente se essa pessoa também for brasileira..rs. E, falando nisso...

* Brasileiro atrai brasileiro. E japonês, coreano, venezuelano, árabe... Somos um povo ÚNICO, no bom sentido da coisa. Não há pessoas mais agradáveis, mais alegres, mais queridas que brasileiros. Logo, não conseguimos ficar muito tempo longe de nossos conterrâneos. Fato.

* Todo país tem seus prós e contras, seus aspectos positivos e negativos. Passei a não acreditar mais nessa coisa de "primeiro mundo é diferente"... sim, algumas coisas são melhores que aqui, mas outras, não. Não existe lugar perfeito.

* (Esse tópico é pro meu caso, que nunca tinha morado "sozinha") Cozinhar todo dia dá trabalho. Na verdade, cozinhar não é a parte mais chata, chato é ter que pensar no que cozinhar todos os dias. Haja criatividade!!!

Enfim, com certeza eu poderia listar mais um milhão de fatos aqui, mas o post ficaria muito longo. Se lembrar de algo muito relevante, escrevo numa próxima ocasião. Se alguém quiser acrescentar algum detalhe, fiquem à vontade!!!! :)

Até breve!!!






14 de abril de 2012

Aguardem...

Estou desaparecida, né? Adoro esse meu cantinho, mas a vida é tão corrida que os dias passam sem nos darmos conta, não é mesmo? Quando eu vejo, já se foram semanas sem publicar um postzinho que seja!

Então resolvi passar aqui só pra dizer que, em breve, estarei de volta com um post novinho!!! Vocês que acompanham meu blog, não me abandonem, já, já estarei de volta! Hehehehe...

Aguardem!!!

Um grande beijo,

Lívia

16 de março de 2012

TO x NYC

Hoje vim fazer uma análise comparativa entre a cidade que morei nos últimos 4 meses e a famosérrima Big Apple, sonho de "consumo" de muita gente, inclusive meu.

Pois bem. Vamos lá.

TORONTO, ON, Canada

População 2011: 2,6 milhões (Fonte)

Maior cidade do Canadá, é um dos lugares mais multiculturais do mundo. Ser canadense, ser "torontiano" (sorry pelo neologismo) não é como ser brasileiro, argentino, mexicano, venezuelano, árabe, chinês, japonês, e por aí vai... por quê? (desculpem, ainda não me entendi com as novas regras gramaticais, logo desconheço como usar o porque no fim da frase... quando aprendi, há vários anos, era assim, como escrevi aqui. Mas voltando...)
Porque a pessoa nasce brasileira, nasce mexicana, nasce japonesa... mas ela escolhe ser canadense. O que você vê em Toronto é exatamente isso... diversas nacionalidades convivendo pacificamente em um mesmo lugar. Pessoas que escolheram o país, a cidade como lar, mas que trazem consigo suas raízes, sua cultura. E é por isto que, estando em Toronto, podemos visitar a China, através de Chinatown, a Itália, visitando a Little Italy, Portugal, em Little Portugal, o Brasil, e por aí vai...
É uma cidade grande com um quê de cidade pequena. Não que seja um local pacato, atrasado, não é o caso, mas o que eles entendem por cheio (ou busy, no bom inglês local), nem se compara ao que nós, moradores de RJ, SP, BH e tantas outras metrópoles e megalópoles de países superpopulosos estamos acostumados a enfrentar diariamente.
Eu diria que é um lugar fácil de se morar, de se acostumar, apesar do inverno rigoroso (tive sorte, esse ano o inverno foi beeem tranquilo mas, ainda assim, pra quem nasceu e cresceu no RJ, experimentar temperaturas negativas diariamente foi uma experiência e tanto!). O aspecto multicultural facilita a adaptação, e ajuda a matar as saudades do seu país de origem... as pessoas tentam se aglomerar de acordo com sua nacionalidade, então cada vizinhança tem um pouquinho de determinado país.
A cidade é bem estruturada, rapidamente você se adapta ao seu ritmo, ao transporte, às pessoas. 

Em poucas palavras, eu diria que Toronto é plural, é fácil e é aconchegante.

NEW YORK CITY, NY, United States of America

População 2011: 8,1 milhões (Fonte)

Cidade mais populosa dos EUA, a famosa Big Apple (Clique aqui para conhecer a origem do apelido), é também uma das cidades mais populosas do mundo, sendo a 3ª da América (perdendo apenas para São Paulo e para a Cidade do México).
Olhando apenas os números, já dá pra sentir a diferença: NYC tem 4 vezes mais habitantes que Toronto. Agora dá até pra falar a pacata Toronto. 
E, sim, sua fama tem fundamento: Nova York é, de fato, a cidade que nunca dorme. Enquanto em Toronto os shoppings fecham (pasmem!) às 21:00h durante a semana, às 19:00h aos sábados, e às 18:00h aos domingos, na Times Square, as lojas funcionam até às 2h da manhã. Sim, 2h da manhã. Eu, já acostumada as matinês de Toronto, fui perguntar até que horas ficava aberto o Empire State e, ao ouvir a resposta, achei que meu inglês estava enferrujando. "We close at two", disse a atendente. "I´m sorry, what did you say? At TWO AM?", retruquei, intrigada. "Yes, at 2." Oh-My-God! Há muito, muito o que se fazer por lá. Atrações para todos os gostos e para todas as idades, sem dúvidas.
Contudo, entretanto, todavia, exatamente por ser, assim, essa gigante, NYC tem alguns probleminhas que eu não posso deixar de mencionar. O primeiro deles (e, sem dúvidas, o mais alarmante) diz respeito à limpeza local. Ou melhor, à falta dela. Sim, meus caros, New York é uma cidade sujaaa, muito suja, eu diria! E, vocês sabem, o Rio de Janeiro não é o lugar mais limpinho do mundo, não, tampouco Toronto. Nestas duas últimas há muita gente que cospe no chão, joga lixo na rua, no ônibus, no metrô (sinceramente, o metrô de Toronto é ainda mais sujo que o do RJ, as pessoas pegam o jornal, leem e, simplesmente, o deixam no banco, no chão... o mesmo vale para os copos de café, embalagens de snacks, e por aí vai...), mas ainda assim, I must say, em NYC é pior. Principalmente em se tratando do metrô... nojentoooo!!! Papeis pelo chão, odores muuito esquisitos, ratos pelos trilhos e pelas plataformas também... nada agradável! 
Para além da questão sujeira, cito os digníssimos habitantes da cidade... ok, ok, admito, quanto mais eu conheço os EUA, menos admiro sua população, então posso até ser um pouco implicante, mas se me tornei assim é por mérito único e exclusivo deles. Achei o nova-iorquino um povo muito apressado, muito estressado. É uma correria só o tempo todo, o que eu super compreendo durante a semana mas, vamos combinar, em um domingo? Meus caros, vamos abaixar esse estresse, domingo é um dia para relaxar! Vocês tem um Central Park tão lindo para aproveitar... então, aproveitem! Curtam mais a vida!

Enfim, estou  me prolongando demais nesse post... resumindo, eu diria que NYC é agitada, cosmopolita e intimidadora.

Concluindo minha comparação, para morar, eu escolheria Toronto. Para visitar, acredito que New York seja uma destino mais atraente, por sua fama, é claro, e pela variedade de opções que a cidade oferece. Mas, particularmente, não considero um bom lugar pra se viver. Esta é minha opinião, é claro que muitos irão discordar, mas é o que eu penso. Se tivesse que escolher entre Toronto e NYC, escolheria Toronto, sem sombra de dúvidas, e deixaria NYC como opção para visitar em alguns finais-de-semana...

See you soon!
Toronto



NYC
 
 

4 de março de 2012

I am back!

Olá!!! Estou de volta, após o break!!! As duas últimas semanas foram de correria total, mas num ótimo sentido!!!  Trajeto TO - NYC - RJ percorrido com sucesso!!! Detalhes a respeito postarei depois... hoje o assunto é New York, babe!

Realizei um grande sonho e fui conhecer a Big Apple! Muito bom passar por tantos lugares históricos, cenários de tantos filmes, seriados e afins... fantástico!

Visitei os pontos turísticos principais da cidade (mas não consegui entrar nos museus, não tive tempo), e meus preferidos foram, sem sombras de dúvidas: Central Park e Times Square. O parque é liiiiindo, e é perfeito pra aquele momento em que você simplesmente quer fugir do climão de cidade grande... ele é enorme, e repleto de cantinhos lindos pra passear, sentar e bater papo, pensar na vida, tirar fotos... enfim, um ótimo lugar para fazer tudo ou para fazer nada!!! Recomendo alugar uma bicicleta (foi o que fiz) e dar umas voltas... mas, cuidado! Se você estiver fora de forma como eu, esta pode ser uma opção beem cansativa! Ahahahahaha... também há as opções de charrete, mas são um pouco mais caras! Tudo vai depender do quanto você está disposto a pagar. Ou então vá andando mesmo, mas o parque é graaande, então pode ser exaustivo.

Já a Times é completamente diferente... é a definição para cidade grande. Uma poluição visual hipnotizante, milhares de pessoas andando pra lá e pra cá, lojas gigantescas e maravilhosas, que ficam abertas até às 2h da manhã. Sensacional! 

Para além dos dois acima, há inúmeros outros pontos que devem ser visitados, tais como a Brooklyn Bridge, a Estátua da Liberdade, Soho, Met, 5th Ave e suas lojas famosas, Empire State, Wall Street... e por aí vai. Pro post não ficar muito cansativo, vou me limitar ao meu Top 2 hoje e, mais pra frente, posto sobre os outros locais!

Beijo grande a todos!!!











21 de fevereiro de 2012

See you soon!


Hey, Guys!!!

Passando super rapidinho para dizer que estarei ausente por alguns dias... meu "Carnaval" começa hoje, em algumas horas, se Deus quiser! Em breve voltarei com novidades!

A foto abaixo é para comemorar duas coisas:

1) Batemos os 1000 visitantes no blog!!! Eeeeee, muito obrigada pela companhia, amigos leitores!!!

2) Amanhã completo mais um aninho de vida!!! Quem me conhece sabe que eu ADOOOORO fazer aniversário... quer dizer, hoje em dia não é tão bom porque não me agrada ficar mais velha, mas o dia do meu niver, em si, é algo que eu amo!!! Então, Happy B-Day to me!!!

Vejo vocês em breve!!!

16 de fevereiro de 2012

Let´s Go Marlies!

O post de hoje é sobre a paixão canadense... o Hockey! Podemos dizer que o futebol está para o Brasil assim como o hockey está para o Canadá... de repente até mais, é difícil afirmar. De uma forma ou de outra, esse esporte é a paixão nacional! É no inverno a sua alta temporada, sendo o campeonato disputado de outubro a abril. São 30 times, tanto dos EUA quanto do Canadá, e eles compõem a chamada National Hockey League ou, se preferir, NHL

O principal time de Toronto é o Toronto Maple Leafs; é este o responsável pelo fanatismo canadense. Gostaria de tê-los visto jogar mas, como a popularidade é alta, é muito difícil e, principalmente, caro, encontrar ingressos disponíveis para os jogos. 

Masss... nem tudo está perdido! Para aqueles que não querem dispender grandes quantias com um ingresso, como eu, há a opção de assistir o jogo dos Marlies, que seria tipo um time da segunda divisão do campeonato. Eles são bons também e, principalmente para nós, brasileiros, que não sacamos NADA de hockey, a diversão será garantida. E foi o que eu fiz. Fui no jogo, adorei, me diverti pra caramba com o corre-corre, com os sustos que tomamos cada vez que os jogadores se atracam no vidro e, principalmente, com as brigas que ocorrem de tempos em tempos. Hehehehehehe... 

Como de praxe, aí vão algumas fotos. Se você vier a Toronto, não deixe de assistir um jogo, vale super a pena!!!

Xoxo!


O campo (ou a quadra, não sei como chamar...rs)


Jogadores Aquecendo


Cantando o Hino Nacional


Mascote do Time


As Líderes de Torcida (parte delas)


Uma das Famosas Brigas!